Cirurgião Dentista > Historia

Em 1936, resolvi fazer a minha inscrição na Escola de Pharmácia e Odontologia de Juiz de Fora, prestando vestibular e sendo aprovado. Era Diretor da Escola, nesta época, o Dr. Clovis Jaguaribe e funcionava na rua Espirito Santo. Tinha como secretário o Dr. Otavio Ministerio. Os candidatos aprovados desta turma eram em número de 18, assim discriminados:

1- Antonio Homem de Carvalho
2- Custodio Henrique de Oliveira
3 - Carlos Louzada
4 - Florentino Pereira Cardoso
5 - Jose Rachid Nader
6 - Jose Rezende de Souza
7 - Octavio De Oliveira Costa
8 - Odilon Gomes Domingos
9 - Oswaldo Gonçalves Vieira

10 - Oswaldo Godoy Costa
11 - Paulo Baeta Rocha
12 - Ricardo Arcuri
13 - Sotero Maciel de Barros
14 - Vicente de Paula Campos
15 - Yolanda da Silva Vale Moreira
16 - Waldyr Araujo de Paula
17 - Walmir Ribeiro Pereira
18 - Ricardo Arcuri

O art.124 do decreto nº 19852, de 11 de abril de 1931, exigia que a Escola adotasse a "Caderneta de Estagio" , onde era anotado a frequencia aos serviços clínicos e às aulas práticas registradas pelos próprios professores:
1936-Anatomia - Dr. Jose Dutra/ Histologia - Dr.Jose Mariano Junior/ Fisiologia - Dr. Antonio Carlos Pereira/ Metarlugia - Dr. Irineu Jose de Paula
1937-Clinica - Dr. Clovis Jaguaribe/ Tecnica - Dr. Antonio Meton/ Protese - Dr. Ottoni Tristão/ Higiene - Dr. Virira Lima
1938-Clinica-Dr. Clovis Jaguaribe/Ortodontia-
Dr. Leonelo Fortini/ Protese Buco-Facial-Dr.Lair Monteiro de Castro/ Patologia e Terapeutica-Dr.Ottoni Tristão.
Na clínica, do 2º e 3º ano, dirigida pelo Prof. Clovis Jaguaribe, funcionava de 2ª a 6ª feira, no horário das 7 as 10 horas. No 3º ano, o Dr. Clovis determinava que, cada aluno defendesse uma tese, que no meu caso, foi escolhia sobre "Processos de Anesthesia".

Era comum, nesta época, os alunos do 3º ano procurasse profissionais capacitados e aparelhados. Foi aí, que tive grandes contatos com os professores dos primeiros anos do curso e frequentei também, o consultório do Prof. Leonello Fortini, onde complementei meus conhecimentos e tive mais prática. O Prof. Leonelo, que era dentista da família, me ajudou muito em sua clínica, possuia uma boa biblioteca e um laboratório de prótese completo.

Em 9 de dezembro de 1938, aos 21 anos, me formei como Cirurgião Dentista, tendo como paraninfo o Prof. Irineu José de Paula, no salão do Palace Hotel, onde recebemos o diploma. A turma eram de 17 colegas que, com a convivência nos tornamos grandes amigos. Pessoas amigas,comapareceram, tais como, José Timponi e família, Celso Timponi e família, Ely Villela e família, Ilka T.Figueira e seus pai ( de Pato das Flores), meu tio avô Antonio Spinelli e família e, finalmente, a Família Costa, representada pelas Isabel, Cecília e Olga, minha professoreas no curso primário o que me deu grande alegria.

Em outubro de 1938, tomei parte do 1º Congresso Odontológico pela FOB do Rio de Janeiro.
Em janeiro e fevereiro de 1939, para melhorar os meus conhecimentos de PRÓTESE, fiz um curso ministrado pelo Prof. Augusto Coelho e Souza, considerado o PAI da Odontologia do Brasil. Foi um curso completo e muito técnico o que me valeu muito para o início da minha profissão. Com este mestre que consegui desenvolver a arte dentária. Era muito detalhista e ensinava o certo e o errado da nossa profissão.Foi nos meses fevereiro e março, no ed. Santa Helena. Recebi o diploma de Dentadura, Corôas e Pontes.
Foi o Prof. Augusto Coelho e Souza que, no período da escola de Odontologia do Granbery, insistia na inclusão da Histologia, Fisiologia e Terapêutica no currículo do curso de Odontologia. Publicou quatro volumes . Quando terminei o curso disse ao meu pai que estava pronto a iniciar o meu trabalho.

Ainda em 1939, fomos, meu pai e eu, comprar o meu consultório na casa Lanher, representante da Siemens, no Rio de Janeiro. Logo que recebi a compra, instalei, neste mesmo ano, o meu primeiro consultório no Edifício Hipotecário e Agrícola de Minas Gerais, na rua Halfeld, 533 - sobrado, onde comecei a trabalhar.
Em 1941, comprei um Raio X, construído em São Paulo, (tem uma foto com os representantes, no meu consultório) para melhorar meus trabalhos clínicos. Neste ano, no mês de outubro, tomei parte do Congresso Odontológico Brasileiro, patrocinado pela FOB do Rio de Janeiro.

Em 1940, fui ao 2º Congresso Odontológico Brasileiro (FOB), no Rio de Janeiro, em outubro, sendo presidente Dr. Abelardo de Brito e presidente da FOB.

Em 27 de julho de 1943, fiz um curso de especialização em Dentadura dado pelo Prof. Carlos Aldrovandi, patrocinado pelo Centro Odontológico Mineiro.
Em 1947, em dezembro, tomei parte do 3º Congresso Brasileiro, em Belo Horizonte, patrocinado pela FOB mineira.

De 2 a 8 de julho de 1950, o COM, dirigido pelo colega e grande amigo Jair Vale, patrocinou a Semana Odontológica "Coelho Souza", apresentando diversas conferências, estando presentes colegas de Juiz de Fora, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Alguns colegas de Juiz de Fora, que eu me lembre: Jair Nunes Vale, Humberto de Souza, Jose Homem de Carvalho, Jose Brites, Brigolini, Jose Nascimento e eu.

De 7 a 13 de janeiro de 1951, fui fazer a Semana Odontológica de Prótese "Visconde de Saboia" promovida pela Associação dos Cirurgião Dentista do Paraná, em Curitiba, no Paraná.

Em 1952, alguns colegas e eu sentíamos necessidade de nos reunir para mais estudos. O colega Sebastião de Freitas ofereceu sua residência para reunirmos todas as sextas feiras, às 20 horas. Dr. Sebastião era cunhado do Dr. Villaça, médico da Santa Casa que, vendo nossos encontros, gostou da idéia e procurou fazer com os seus colegas. A nossa turma ficou assim constituída: Sebastião de Freitas, Jair Vale, Lagrange Canedo Passos, José Homem de Carvalho, José Rezende Ribeiro de Oliveira, José Fonseca e eu. Fizemos diversas reuniões para compementar nossos conehcimentos e dúvidas, aproveitando a experiência de todos em benefício da comunidade odontológica.

Em 1954, a nossa turma de estudos fez um curso "Anatomia da Cabeça", na Faculdade de Medicina, que funcionava no Morro da Gloria, em frente ao colégio Santa Catarina, cujo diretor era o Dr. Vilaça, que nos facilitou mostrando o laboratório de Anatomia da faculdade, apresentando o professor da cadeira que prontificou a nos ajudar no que for preciso. Os que participaram deste curso foram: Dr. Sebastião de Freitas, Jair Vale, Lagrange Canedo Passos e eu. Foi uma época que houve uma confraternização e um grande progresso, onde tínhamos onde expandir nossos conhecimentos, nossas dúvidas, e fatos novos adquiridos em livros e revistas, mesmo em inglês, que discutíamos em conjunto nas reuniões.Infelizmente, nesta época, o Centro Odontológico Mineiro , COM, não funcionava a contento, por políticas ou por outros fatores. Daí, partiu a idéia de nossa turma fundar uma nova associação. Compramos um conjunto de salas à rua Marechal Deodoro, 455- 5º andar, em 1954.

Nesta época, resolvi melhorar meu consultório, porque o meu colega Dr. Orlando Fellet, resolveu abandonar a profissão e, eu comprei as coisas mais importantes que eu precisava, como o raio Xmais moderno RITTER, compressor etc. Resolvi também vender o meu consultório e, quem comprou foi o meu tio Romeu para o seu enteado que iria se formar naquele ano.

De 1955 a 1957 tivemos diversos cursos como: Endontoterapia (pelo Dr. Sebastião de Andrade Freitas (COM) em 5/08/1955), Cirurgia da Boca (pelo prof. Jose Rezende Ribeiro de Oliveira (COM) em 26/11/1955), Bacteriologia Oral, (pelo prof. Joaquim Vaz de Magalhães (COM) em 2/04/1956), Hipnodontia (pelo prof. Antonio Henriques Vianna (COM) em 20/07/1956), Radiologia Odontológica (pelo Dr. Joaquim Barros Moraes (COM) em 26/11/1957; a 1º Jornada Odontológica (pelo Prof. Leonelo Fortini (COM-JF) em 6/4/1957 e XIV Semana Odontológica Brasileira, em agosto de 1956, em Petrópolis - RJ.

Em 20 de janeiro de 1957, fomos à Fortaleza - Ceará, no VI Congresso Odontológico com minha esposa Lucy, minha colega Rita Gonçalves, onde fomos recebidos pelo Governador do Estado, Dr. Paulo Seregate Ferreira Lopes, na sede do governo.

Em 20 de janeiro de 1958, fui participar da 1ª Semana Internacional Odontológica de Prótese Dentária , na Galeria Prestes Maia, em São Paulo, na Associação Paulista de Cirurgia Dentária.
Neste mesmo ano, adquiri um grupo de salas no Edifício Club Juiz de Fora, na rua Halfeld esquina com Av. Rio Branco, no 10 º anda,r sala 1001, onde fiz uma nova instalação de consultório.

Em julho de 1959, meus colegas Lagrange Canedo Passos, Jose Fonseca e eu tomamos parte do VII Congresso de Odontologia, em Porto Alegre - RS.

Em 07/07/1962, participei do VIII Congresso Odontológico Brasileiro, em Curitiba- Paraná, como membro efetivo.

Fiz os cursos: Curso de Legislação Odontológica - Prof. Julio Cruz de Oliveira em Juiz de Fora, em 13/05/1965; Curso Intensivo de Dentaduras Duplas, pelo colega Osvaldo Gonçalves Vieira, em 24/11/1964, pela ABO - RJ.
Em 1965, partcipei do IX Congresso Odontológico Brasileiro em 31 de julho pela ABO-RJ.

Em 1969, fiz a minha mudança para o Rio de Janeiro, ao mesmo completando 30 anos de profissão.
Instalei meu consultório na Av. Copacabana, 647 sala 509. Em seguida, mandei fazer uma circular avisando a todos os meus clientes da mudança.

Em 13 de outubro de 1970, fiz o curso de Prótese de Encaixe, com o prof. Ivo M. Morem, patrocinado pelo Sindicato do Rio de Janeiro.
Em 15 de dezembro de 1970, fiz o curso de Endodontia, pelo Prof. Ermelindo Rodetic, patrocinado pelo Sindicato de Odontologia do Rio de Janeiro.

Em 22 de janeiro de 1972, participei do 1º Congresso Internacional de Odontologia, realizado no Rio de Janeiro.

Em 1972, consegui pelo INSS a minha aposentadoria por tempo de serviço, embora não parando de clinicar.

Outros cursos e congressos que fiz:
23/04/75 - Congresso Guanabarino
julho /75 - III Congresso Odontológico Riograndense realizado em Porto Alegre - RS
26/07/79 - IV Congresso Internacional de Odontologia patrocinado pela ABO-RJ
26/10/85 - Curso Prótese Fixa em Metal Cerâmico com o Prof. Edy Sá Carneiro - SP
07/12/85 - Curso de Endodontia, com o Prof. Mario Roberto Leonardo - SP
17/05/86 - Curso Oclusão e Ponte Fixa, com o Prof. Dr. Tastuo Sacto - SP
09/08/86 - Curso Reabilitação Oral, com o Prof. Waldyr Janson - SP
08/11/86 - Curso de Endodontia com o Prof. Gustavo Paiva - SP
29/11/86 - Curso de Rezina Composta e suas aplicações, com o Prof. Wilson Garone Filho - SP
16/07/87 - VIII Congresso Internacional de Odontologia - patrocinado pela ABO-RJ

O Conselho Regional de Odontologia, ao completar os meus 70 anos de idade em 04 de maio de 1987, resolveu, em reconhecimento pela vida profissional sem qualquer penalidade por infração à Ética, me distinguiu o diploma de "Sócio Remido", que tive a inscrição realizada no dia 1º de outubro de 1987, nos termos da resolução CFO-155 de 25/08/84, conforme consta as folhas 57 do livro nº 20 - Dr. Ricardo Arcuri - CRO 4380, assinado pelo presidente. Em reunião plenária realizada na sede do CRO-RJ, com outros colegas, uma recepção muito honrosa com minha família.

Na data de 9 de dezembro de 1988, em comemoração dos 50 anos de formatura da turma de 1938, conseguimos reunir os seguintes colegas: Carlos Louzada, Oswaldo Gonçalves Vieira, Paulo Baeta Neves, Yolanda da Silva Valle Moreira e eu. Participamos de uma missa na Catedral de juiz de Fora e fizemos depois uma visita à Faculdade de Odontologia para matar nossas saudades e finalmente comemoramos a nossa Bodas de Ouro com um almoço no Restaurante Universo. Este acontecimento saiu publicado no jornal "Tribuna da Tarde" de Juiz de Fora.

Em 28/08/90 - curso de Endotontia dado pelo Prof. João Humberto Antoniazzi.
Em 27/10/90 - curso de Odontologia Estética Adesiva dado pelo Prof. Wilson Garoni Filho - SP, em 27/10/1990
Em 21/08/93 - curso de Restauração Estética dado pelo Prof. Dyrceu Vieira, em 21/09/1993.

Em 1994 sofri um enfarto e fui operado em São Paulo, em 29 de novembro.

Finalmente, em 29 de julho de 1996, resolvi encerrar as minhas atividades profissionais. Estava completando 58 anos e 7 meses de atividade initerrupta, sendo 30 anos em Juiz de Fora e, 28 anos e 7 meses, no Rio de Janeiro. Procurei o despachante do CRO-RJ, Sr. Alberto Bianco e dei baixa na inscrição nº 00543.853 de Ricardo Arcuri. Estando tudo em dia com os impostos devidos, o agente da Fazenda - Dr. Daniel Alexandre Leal assinou e deu a baixa.
Tendo encerrado as minhas atividades, resolvi fazer diversas doações do consultório, principalmente para o Museu Salles Cunha, que é dirigido pelo Dr. Thales Ribeiro Magalhães, como o aparelho de raio X (1940), livros profissionais, documentos sobre técnica de anestesia, peças, trabalhos.

Apesar de ter encerrado a minha atividade profissional, não deixei de acompanhar de perto os progressos que a profissão vem adquirindo, ex: carcinoma de seio maxilar, mal oclusão dentária, etc. Apesar de ser um profissional REMIDO, não deixei de comparecer, na medida do possível, nas eleições, dando força aos colegas que dirigem o Conselho Regional do Rio de Janeiro.

Fonte: Arquivo Pessoal